sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Entrevista de emprego: o que dizer e o que não dizer...

Recrutadores entregam as piores frases para usar em entrevista de emprego

Getty Images

Escolha bem o que falar na hora da entrevista para não pegar mal

Estar frente à frente de um entrevistador é algo que sempre gera tensão. Nesse contexto, usar frases feitas pode parecer uma boa alternativa para impressionar. Mas vale ficar atento: muitas delas podem ser interpretadas pelos especialistas de forma totalmente diferente da esperada. Conheça algumas, a seguir.

Veja também

Nas entrevistas de emprego, troque clichês por essas respostas certeiras'Micos' em entrevistas de emprego: veja quatro histórias constrangedoras5 dicas para se sair melhor na próxima entrevista de emprego

O que você fala: "Meu pior defeito é ser perfeccionista".

O que o recrutador entende: que você tem necessidade de se supervalorizar, o que pode ser uma forma de compensar a baixa autoestima. Além disso, o recrutador pode colocar em dúvida a sua agilidade nas entregas: afinal, para quem tem um alto nível de exigência, o trabalho nunca está bom o suficiente.

Melhor dizer: "Como todo mundo, tenho pontos a melhorar. Ultimamente, tenho trabalhado bastante para superar... ". Vale citar um defeito seu, real, como a falta de paciência.

O que você fala: "Sou flexível, me adapto fácil".

O que o recrutador entende: que você não tem muita personalidade ou pode apresentar dificuldade para se posicionar diante de temas relevantes.

Melhor dizer: "Tenho facilidade de perceber as necessidades de mudança e planejar minhas ações em um novo cenário".

O que você fala: "Quais são mesmo os benefícios dessa vaga?"

O que o recrutador entende: que você está mais interessado na remuneração do que no trabalho que irá desempenhar.

Melhor dizer: o melhor é não fazer esse tipo de questionamento no momento da entrevista. Procure saber antes todos os detalhes da vaga. Se já sinalizou sua pretensão salarial e foi chamado para essa etapa, provavelmente os benefícios serão condizentes com a sua expectativa inicial.

O que você fala: "Saí do meu antigo emprego porque meu líder nunca reconheceu meu valor".

O que o recrutador entende: que você é imaturo, gosta de posar de vítima e não consegue mostrar resultados. Aliás, fazer qualquer menção negativa ao emprego anterior é algo que pega muito mal durante a entrevista.

Melhor dizer: "Estou buscando a oportunidade de crescer nessa área -- ou em uma nova área, se for o caso -- e de assumir desafios novos". Se possível, relacione as atividades que espera desempenhar às características da vaga.

O que você fala: "Sou fluente, mas estou com o inglês enferrujado".

O que o recrutador entende: que você não foi sincero ao montar o seu currículo. Você deixará a mesma impressão ao citar uma outra habilidade qualquer no currículo, se não for capaz de atestá-la, na prática.

Melhor dizer: a verdade. Se você não é fluente, informe o seu nível de conhecimento do idioma.

O que você fala: "Não tenho exemplo de resultado ruim, sempre bati minhas metas".

O que o recrutador entende: que você está mentindo ou, então, que é tão orgulhoso que não consegue reconhecer as próprias falhas.

Melhor dizer: "Recordo um momento em que tive que redirecionar minhas ações (descreva resumidamente), já que o resultado não atendeu aos objetivos iniciais". O importante é falar com tranquilidade sobre um erro que cometeu e evidenciar que ele foi superado e o ajudou a orientar ações futuras.

O que você fala: "Preciso muito desse emprego".

O que o recrutador entende: que você está apelando para o emocional, o que costuma ser a última cartada quando o próprio entrevistado reconhece não ter todos os pré-requisitos necessários para assumir o cargo.

Melhor dizer: "Tenho muito em comum com a cultura da empresa e a vaga está perfeitamente alinhada com os objetivos que tenho para a minha carreira".

Fontes: Allessandra Canuto, coach especialista em gestão estratégica de carreiras. Cristiane Santos, coach e diretora da Esternare. Luciana Tegon, coach e sócia diretora da Consultants Group by Tegon, consultoria especializada em recrutamento, seleção, outplacement e recolocação de executivos. Maristela Serpejante Porfirio, coach e fundadora da MS People e www.uol.com.br

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Veja como tirar mofo...

Vinagre, limão e mais ingredientes para acabar com o mofo em casa

Getty Images

Se o bolor é superficial, borrife vinagre branco e espere pelo efeito clareador

As fórmulas caseiras mais usadas contra o mofo são feitas à base de vinagre. Ele tem ação bactericida e não prejudica a saúde, se comparado a produtos de limpeza pesada. Bicarbonato, azeite, sal e limão também estão entre os itens usados contra o bolor. A seguir, saiba fazer misturas alternativas para acabar com variados tipos de fungos na sua casa.

Armário e despensa

Primeiro, retire tudo de dentro. Para eliminar o cheiro de guardado de roupas e embalagens, borrife vinagre branco nelas e coloque-as ao sol. Se estiverem mofadas, será preciso lavar ou, no caso de alimentos, jogar fora, mesmo. Limpe a parte interna dos móveis com um pano umedecido no vinagre. Depois, para arejar, deixe as portas abertas ou ligue o ventilador em frente, até secar bem. Nunca guarde tecidos dentro de sacos plásticos, pois eles não deixam a roupa "respirar".

Roupas e toalhas

Manchas de bolor novas podem ser removidas com apenas uma lavagem. Já as mais antigas e escuras, em peças brancas, são limpas com a aplicação de uma misturinha feita com 5 colheres de sopa de cloro, 3 colheres de sopa de açúcar (que serve para neutralizar a ação oxidante do cloro em tecidos) e 5 colheres de sopa de água morna. Deixe a solução agir por algumas horas e, depois, lave com água e sabão.

Ambientes sem ventilação

Para acabar com o cheiro forte de cômodos abafados, escuros e fechados, coloque serragem de cedro dentro uma meia-calça velha e pendure-a atrás da porta. O cedro sugará a umidade do local. Outra técnica eficiente é espalhar pelos cantos vários sachês de sândalo ou pequenas pedras de carvão embrulhadas em jornal. Quando estiverem muito molhados ou mofados, é hora de trocar.

Móveis de área externa

Em ambientes ao ar livre, a madeira de decks, bancos e mesas de varanda e jardim podem facilitar a proliferação de fungos. Para não ter que descartar esses móveis, você pode impermeabilizá-los anualmente com tinta resinada, esmalte impregnante ou verniz náutico. No dia a dia, a limpeza deve ser feita com uma flanela umedecida em vinagre de vinho e azeite de oliva. Se quiser lavar, utilize apenas água fria e sabão neutro.

Ralos e pias

Para matar os fungos que causam o bolor (e as mosquinhas que fazem dele "ninho" para suas larvas), coloque dentro de um borrifador 1 copo de álcool e uma pequena porção de cravos da índia. Depois, aplique a solução nas áreas afetadas. Para se prevenir, lave sempre as bordas de ralos, com uma escovinha, e mantenha a bancada da pia seca após o uso. Sem água, os insetos perdem o alimento e não se proliferam.

Paredes

Se o bolor é superficial, borrife vinagre branco e espere pelo efeito clareador. Agora, se as manchas estiverem impregnadas, aplique tinta de parede impermeável. Porém, antes de pintar, lixe a superfície e lave-a bem para eliminar os fungos. Essa limpeza pode ser feita com água oxigenada diluída em pouco de detergente neutro. Com uma escova de cerdas duras, esfregue bem, deixe agir por 10 minutos e enxágue.

Getty Images


 

Teto do banheiro

Para evitar bolhas e pontos pretos provocados pelo vapor do banho quente, instale no alto, sobre o armarinho ou escondido atrás do chuveiro, um saquinho preenchido com giz de lousa. A cal do giz absorve a umidade. No entanto, o problema não se resolverá se você não deixar a janela do banheiro aberta após o banho.
 

Azulejos e área do box

Esfregue uma esponja de cozinha velha embebida em suco de limão sobre azulejos, canaletas de box e rejuntes; depois, lave com água. Por ser ácido, o suco do limão ajuda a combater os fungos. Já as cortinas do box, em geral, devem ser deixadas de molho em 1 litro de água com 4 quatro colheres de sal até as manchas desaparecerem.

Pisos cerâmicos e rodapés

Antes de limpar é preciso descobrir o foco do bolor, que pode vir da umidade do solo, da falta de uma secagem correta ou de infiltrações. Solucionado o problema, limpe esses locais com bicarbonato de sódio diluído em água: 1 colher de bicarbonato para cada 1 litro de água. Após secar, evite usar produtos à base de silicone ou cera, que criam uma camada gordurosa sobre os revestimentos e favorecem o acúmulo de matéria orgânica em decomposição.
 

Geladeira e máquina de lavar

Borrachas de vedação, frestas e vãos acumulam água e umidade facilmente. Para eliminar os microrganismos, separe meio litro de água morna e adicione 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio e um sachê de chá de hortelã. Vire um pouco dessa solução em um pano e limpe o interior do cilindro da máquina e as paredes e prateleiras da geladeira. Depois passe um pano para secar.



Fontes: Carol Rosa, personal organizer e influenciadora digital, Cynthia Ewer, autora do livro "Acabe com a Bagunça". & www.uol.com.br

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Primeira vez do índio no bordel

Um índio foi ao bordel e disse:

– Índio qué mulhé. Índio tem dinheiro!
A dona do bordel perguntou:
– Índio tem experiência? Já fez antes?
Índio apressado respondeu:
– Índio primeira vez.
A dona do bordel ponderou:
– Então, índio vai no mato, procura um buraco numa árvore, aprende como se faz e depois volta aqui.
Uma semana depois, o índio voltou ao bordel:
– Índio qué mulhé. Índio tem dinheiro. Índio já aprendeu.
A dona do bordel, então, mandou o índio subir para um quarto,
no qual, já havia uma moça esperando por ele.
O índio subiu, entrou no tal quarto e mandou a mocinha tirar a roupa e ficar de quatro.
Depois, pegou um pedaço de pau e começou a espancar as nádegas dela. Aos gritos, a dita cuja pergunta:
– Índio tá maluco? O que você está fazendo?
Ele responde:
– Índio tá vendo primeiro se tem formiga no buraco!

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Treinamento Outdoor, na praia...

Bom dia!

Esta semana a MoviMax realizará  dois dias de treino Outdoor na praia , dia 19/10 e 20/10(Quinta e Sexta-feira)!

Horário: 17:00 às 22:00 horas
Local: Praia ao lado do Bicicross, na quadra de areia próximo à ponte do Indaiá depois da Sabesp.

Estão todos convidados !
Aguardamos vocês!
MoviMax - Studio Personal !
"O seu desafio é o nosso desafio e os obstáculos venceremos juntos."

Professor Weliton Martins  (Ton)

Treinamento na praia

Bom dia!

Esta semana a MoviMax realizará  dois dias de treino Outdoor na praia , dia 19/10 e 20/10(Quinta e Sexta-feira)!

Horário: 17:00 às 22:00 horas



Local: Praia ao lado do Bicicross, na quadra de areia próximo à ponte do Indaiá depois da Sabesp.

Estão todos convidados !

Aguardamos vocês!

MoviMax - Studio Personal !

"O seu desafio é o nosso desafio e os obstáculos venceremos juntos."


Professor Weliton Martins  (Ton)

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Veja 10 plantas muito perigosas para os bichos de estimação

Getty Images

Um vasinho pode representar um risco maior do que você imagina para seu animal. Algumas plantas ornamentais encontradas em ambientes internos e jardins são tóxicas para cães e gatos. Elas causam efeitos que vão desde vômito e diarreia até o câncer. Conheça as espécies mais perigosas e mantenha seus bichos a salvo. 

Fontes: Harald Brito, veterinário da Associação Brasileira de Medicina Veterinária, e o guia "Plantas Tóxicas mais Comuns na Cidade de São Paulo", da Faculdade de Medicina Veterinária da USP

Getty Images

1

Comigo-ninguém-pode

Ela até pode ser bonita, mas é também extremamente perigosa para animais. Qualquer parte da planta pode fazer mal, seja se o bicho comer ou apenas encostar nela, causando irritação da pele, vômito, diarreia e até asfixia.

COMPARTILHEGetty Images

2

Espada-de-São-Jorge

Diz-se que ela traz prosperidade. Mas independentemente da crença popular, ela pode causar dificuldade de movimentação e respiração nos animais de estimação. Isso porque irrita a mucosa e provoca salivação intensa.

COMPARTILHEGetty Images

3

Avenca

Esse tipo específico de samambaia representa um risco silenciosos para seus cães e gatos. Ela não causa efeitos imediatos, mas seu consumo prolongado por causar câncer de bexiga. Por isso, é importante não deixar que eles comam suas folhas e brotos.

COMPARTILHEGetty Images

4

Violeta

As sementes e o caule dessa florzinha são um perigo para os bichinhos. Em grande quantidade, elas podem causar vômito, diarreia, problemas circulatórios e respiratórios.

COMPARTILHEGetty Images

5

Antúrio

É perigo por completo. Suas flores, folhas e caule podem causar inchaço dos lábios, boca e garganta, além de edema da glote, responsável pelo movimento de engolir. E isso pode levar a salivação excessiva e asfixia do seu bichinho.

COMPARTILHEGetty Images

6

Bico-de-papagaio

Comer ou ter contato com ela pode fazer mal aos pets. A ingestão pode causar uma intoxicação alimentar, com vômitos e diarreias. E se o bicho tocar nela, pode ter lesões na pele e até conjuntivite.

COMPARTILHEGetty Images

7

Lírio e Lírio da paz

Beleza não é tudo. Todas as partes do lírio são perigosas para os animais e podem causar vários problemas de irritação nos olhos e boca, dificuldade para engolir e até respirar. Em casos mais graves, pode levar a problemas nos rins e neurológicos.

COMPARTILHEGetty Images

8

Coroa de Cristo

Outra que pode fazer mal através da ingestão ou na pele. Seus principais efeitos nos animais são inchaço, dor e vermelhidão.

COMPARTILHEGetty Images

9

Espirradeira

Tem substâncias em todas suas partes que podem causar arritmia, vômito, diarreia, falta de ar, paralisia e até coma e morte. Esses sintomas podem aparecer em até 24 horas depois da ingestão.

COMPARTILHEGetty Images

10

Maconha

Apesar de ilegal, ela está presente em muitos lares e age direto no sistema nervoso central dos bichos. Os sintomas podem ser de depressão, falta de coordenação motora, desorientação e coma. Além disso, pode fazer com que os pets fiquem incomodados com a luz.

COMPARTILHE

Fonte/Créditos/ Divulgação: uol

7 principais erros que as pessoas cometem na cozinha e prejudicam a saúde

Imagem: Getty Images

O biomédico Roberto Martins Figueiredo, conhecido como Dr. Bactéria, lista as 7 atitudes que cometemos na cozinha, mas que prejudicam a nossa saúde. Será que pode guardar comida quente na geladeira? E botar o pano de prato para secar no quentinho do fogão? Veja as dicas!

Deixar os alimentos na temperatura ambiente

Sabe quando cozinhamos aquele almoço de domingo delicioso, aproveitando para tirar uma sonequinha logo após a refeição --e antes de guardar o alimento no refrigerador? Não pode. Isso porque a comida aguenta apenas uma hora em temperatura ambiente. Após isso, sua qualidade é seriamente afetada. Ou seja: nada de deixar os alimentos sobre o fogão e nem dentro do forno, mesmo que coberto por um pano de prato.

compartilhar

Não colocar produtos quentes na geladeira achando que vai estragar

A comida deve ir para o refrigerador mesmo que esteja quentinha ainda, explica o biomédico. Para que o alimento fique frio mais rápido, uma ideia é retirar o alimento da panela onde foi preparado e guardá-lo em pequenas porções, que devem ser adequadamente fechadas --preste atenção-- somente após duas horas na geladeira.

compartilhar

Comer alimentos vencidos achando que data de validade é balela

A verdade é que os prazos de validade são determinados com uma certa margem de segurança. Isso significa que, se o resultado da análise de um produto der que o prazo é de três meses e 10 dias, por exemplo, a data passada para o consumidor será de três meses. Então, isso significa que podemos comer alimentos vencido? Os especialistas dizem que não. Isso porque, depois do prazo, não é mais possível garantir a integridade do alimento, mesmo que seja apenas um dia depois da data. Evite!

compartilhar

Achar que pode comer o que cair no chão antes de 5 segundos

Quem nunca derrubou comida no chão e comeu mesmo assim? O senso comum diz que se o contato entre o alimento e o solo durar menos de cinco segundos, ainda é possível ingeri-lo. Mas não é o que indicam os estudos. Uma pesquisa revelou, por exemplo, que esse pode ser tempo suficiente para a contaminação. Isso porque, dependendo do caso, o contágio pode ocorrer instantaneamente.

compartilhar

Manter o vinagre aberto e fora da refrigeração

O vinagre, assim como o ketchup, a mostarda e a maionese, deve ser guardado na geladeira após aberto. Caso contrário, as bactérias podem crescer, se depositar no fundo do frasco e estragar o tempero. Melhor não correr o risco, né?

compartilhar

Usar a esponja de louça por mais de uma semana

Nada de esponja velha. Para os especialistas em higiene o ideal é trocar com frequência. Por acumularem restos de alimentos e ficarem, muitas vezes, guardadas em recipientes com água, as esponjas podem favorecer o acúmulo de bactérias como a Salmonella e a Escherichia coli, que podem trazer sintomas como diarreias, cólicas e vômitos.

compartilhar

Colocar para secar aberto, na pia ou no fogão, o pano de louça úmido

De acordo com o Dr. Bactéria, este pano possui um milhão de bactérias a mais do que o tampo de um vaso sanitário de um banheiro público, sabia?



Fonte/Divulgação/Créditos: estilouol.com.br

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Homem passa 9 anos perdido numa ilha e é encontrado pelo Google Earth

Homem passou 9 anos em uma ilha deserta, até que alguém viu no Google o seu sinal de SOS

De

 Simão

 -

14 de setembro de 2017

    

PUBLICIDADE

Você provavelmente já assistiu a filmes em que acontece algum desastre e o ator principal acaba ficando preso em uma ilha deserta.

Seja por um desastre aéreo ou um naufrágio de algum navio, como esquecer do filme Náufrago, por exemplo. Essa matéria mostrará uma história espetacular, onde a tecnologia assumiu um papel de herói, estamos falando do Google Earth, que ajudou a salvar a vida de Adam Jones, depois dele ter sobrevivido 9 anos em uma ilha.

Foto/Reprodução

Adam Jones embarcou em uma longa viagem com destino para o Havaí saindo de Liverpool, Inglaterra, na companhia de dois amigos em 2006. A ideia era cruzar o Oceano Atlântico e o Canal do Panamá de barco saindo de Liverpool, sua cidade natal.

No início da viagem, tudo corria normalmente de forma tranquila, porém, o que se seguiu foi absolutamente insano. Ao chegarem ao Oceano Pacífico, o barco acabou ficando preso em uma tempestade fortíssima.

Foto/Reprodução

A tempestade foi tão forte que danificou o barco e destruiu grande parte de seu equipamento eletrônico. Os dois amigos que acompanhavam Adam na aventura infelizmente caíram no mar e ele ficou inconsciente. Adam ficou à deriva no por 17 dias, antes de chegar à terra.

Foto/Reprodução

Ele nem imagina que viver em uma ilha seria tão difícil. Sua água só duraria duas semanas, ele então construir uma engenhoca para armazenar e depois filtrar uma gota por minuto. Ele fez um abrigo temporário com o que restou do barco, porém, não deu certo. Ele então teve a ideia de derrubar uma árvore usando uma concha, deu certo, entretanto, ele levou 11 semanas para fazer isso.

PUBLICIDADE

Foto/ReproduçãoFoto/Reprodução

Adam estava sozinho em uma ilha completamente isolada. Encontrar alimento era o seu maior problema, mas, felizmente ele encontrou 8 cabras-selvagens enquanto caçava. Porém, Adam não possuía nenhum equipamento de caça, ele então tentou fazer um arco e flecha, mas não funcionou.

Como de fosse um milagre, um bode acabou ficando preso em alguns arbustos de árvores. Adam então precisou de 15 minutos para abater o animal, com isso ele conseguiu cerca de 50 kg de carne. Ele disse que a experiência de caça foi horrível.

Foto/Reprodução

A sobrevivência de Adam dependia única e exclusivamente dele e de seus esforços físicos. Ele afirmou que teve que trabalhar muito todos os dias. Porém, Adam disse que sem dúvida a parte mais difícil ficaram para os desafios psicológicos pelos quais ele teve que passar.

Foto/Reprodução

A solidão e a sensação de não haver esperança e que ele nunca seria resgatado o destruía todos os dias. Ele construiu um sinal de SOS que media 3 metros de largura, porém, ele pensava que não seria visível do céu. Ele então decidiu limpar uma grande área de terra para assim conseguir fazer um sinal ainda maior. Sua ideia era que algum avião sobrevoasse a ilha e o piloto visse o sinal para poder resgatá-lo.

Um dia, Adam ficou desesperado ao ouvir um avião passando pela ilha. Ele acenou inúmeras vezes e o avião lançou alguns suprimentos. Havia água, comida, um rádio e um kit médico. Ele então usou o rádio para falar com o piloto, foi o primeiro contato com um ser humanos depois de 9 anos.

Foto/Reprodução

Ao conseguir se comunicar com o piloto, sua primeira pergunta foi, como eles foram capazes de encontrá-lo. A resposta então foi talvez a mais imprevisível possível: um garoto da cidade de, Minnesota tinha notado um sinal de SOS de Adam no Google Earth!

Achou aquilo muito estranho e decidiu chamar as autoridades e felizmente Adam Jones foi encontrado! Uma missão de resgate foi organizada que só foi possível graças a esta tecnologia espetacular.

A resistência surreal de Adam, mostrando que mesmo vivendo em total adversidade, ele não desistia em momento algum, suportando todas as dificuldades e nutrindo todos os dias o sentimento de esperança de que alguém o encontraria, um exemplo imensurável de que desistir é só uma questão de opinião.

Vejam também:

“Icarly presa? O que aconteceu?”14 fotos inocentes que provam que seus olhos podem ver mais do que você pensa16 Adesivos de carro que demostram o quanto o brasileiro é o pai da genialidade

Gostou? então deixe seu like!

PUBLICIDADE

Recomendado para você

Artigos relacionadosMais do autor

Celebridades

11 famosas que te assustaram nos filmes de terror, mas que por trás das câmeras são beldades

Comportamento

Mulher casada relava sua traição no Facebook, marido traído recebe o print da conversa e tudo acaba mal; veja

Celebridades

O antes e o depois de 10 famosos da música

Curiosidades

Aventureiro desaparecido em 2009 é encontrado dentro de um barco de maneira totalmente assustadora

Comportamento

Esse jovem descobriu da pior forma que gatos não matam ratos; veja

Comportamento

15 Pessoas que ganharam na loteria da comida; veja

PUBLICIDADE

Seja Divulgador Painel de Divulgador Política de Privacidade Contato

© ZipNoticias.com Powered by Zip.Network


quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Intervenção Militar...

É RIDÍCULO TER SAUDADES DO GOVERNO MILITAR. 


Como alguém, em sã consciência, pode ter saudades de um governo que tinha, apenas, 12 ministérios? Prova, inequívoca, que o país não era bem administrado.
Como confiar em presidentes que morreram pobres? Um homem que ocupa o cargo máximo de uma nação, sem fazer fortuna, prova que não sabe aproveitar oportunidades, nem gerir o patrimônio próprio. Um incapaz.
Como ser saudoso de uma época de ditadura, onde todos os cidadãos tinham direito ao livre acesso às armas de fogo? E pior, a repressão era tão violenta que, mesmo armados, os cidadãos não se matavam. Isso demonstra o medo da população contra aquele governo bárbaro.
Como respeitar um regime que criou o INSS, o PIS, o PASEP, regulamentou o 13º, instituiu a correção monetária, criou o Banco Nacional da Habitação, o FUNRURAL, construiu mais de 4 milhões de moradias e abriu 13 milhões de vagas de emprego?
Melhor nem falar de infraestrutura. Em 21 anos, conseguiram, apenas, asfaltar 43.000Km de estradas, construir 4 portos, reformar outros 20, instalar as maiores hidrelétricas do mundo, decuplicar a produção da Petrobrás, criar a Embratel e a Telebras, implementar dois polos petroquímicos, entre outras coisinhas sem importância.
A educação era ridícula. Pegaram o país com 100 mil estudantes secundaristas e transformaram em 1.3 milhões. Criaram o Mobral, o CESEC, a CNPQ e o programa de Merenda Escolar.
Nestes vergonhosos anos de chumbo, onde o PIB cresceu 14%, as exportações saltaram de 1.5 para 37 bilhões, atingimos a 7ª economia economia mundial e nos tornamos o 2º maior produtor de navios do planeta. Uma catástrofe!!
Realmente, durante essa página negra da história nacional, pelo visto, apenas os presídios funcionavam. Esses, sim, um exemplo. Neles entraram terroristas, assassinos, assaltantes, guerrilheiros, seqüestradores, e saíram deputados, ministros, governadores e, até, dois presidentes. Isso que é recuperação. 樂樂樂樂
Ta fazendo o que?


Foto: Catraca liberal
Texto: Facebook/BetoArouca

domingo, 17 de setembro de 2017

LUTO: MORRE O APRESENTADOR MARCELO REZENDE

Recebi com profundo pesar a notícia da morte de Marcelo Rezende. Não é fácil para ninguém lidar com uma notícia dessas, ainda mais de um apresentador e jornalista tão querido !


O povo brasileiro  enaltece sua história, agradece imensamente por tudo que fez e pelo legado que deixa para o jornalismo do nosso Brasil. Que Deus conforte a família, amigos e fãs de Marcelo Rezende.

Corta pra mim...

#DESCANSEEMPAZ


Por Werley da Silva Fernandes - Jornalista MTB n° 79.590